terça-feira, 12 de junho de 2012

Repúdio à ação do CREMERJ - Via Sabrina Ferigato

Repudio à ação do CREMERJ, e em defesa de Jorge Kuhn e todos os médicos que defendem publicamente o direito da mulher ao parto domiciliar. 

Todo profissional tem o direito de se posicionar livremente, especialmente no que diz respeito às práticas em saúde que possibilitam diferentes posicionamentos tecnico-ético-políticos. O parto domiciliar é uma possibilidade para gestantes em diversos países do mundo, inclusive por países que possuem um modelo de atenção obstétrico muito mais respeitado que o modelo brasileiro, que é um dos recordistas mundiais em cesarianas (na maioria das vezes desnecessárias). A ação do CREMERJ é um ato de violência contra os profissionais médicos, que tem sido cada vez mais coagidos a agir da maneira imposta pelas entidades de classe, independentemente de seu posicionamento crítico. Diversos estudos científicos embasam o trabalho realizado por profissionais do parto domiciliar e o posicionamento do prof Dr. Jorge Kuhn também é cientificamente respaldado. A liberdade de expressão é uma das bases da sociedade democrática, e a matéria imparcial apresentada pelo Fantástico não apresentou nenhum posicionamento criminoso ou antiético passível de uma denúncia dessa natureza. Ações como essas nos remetem mais à uma ditadura coorporativista do que a ação de um conselho profissional.
Do ponto de vista clínico e da responsabilidade Sanitária, as entidades médicas e obstétricas, ha muito tempo já deveriam ter se organizado para combater as abusivas e inexplicáveis estatísticas de cesarianas, essas sim, sem nenhuma justificativa clínica, obstétrica ou científica. O que será que move esse tipo de conselho e a obstetrícia brasileira?!
A humanização do parto precisa ser ampliada para um processo de humanizar o direito do médico e de qualquer profissional poder pensar, estudar, agir e escolher seus referencias teórico-práticos, experimentar diferentes possibilidades de encontro com a mãe-bebe e poder se posicionar sem medo de ser nacionalmente coagido.


Sabrina Ferigato



O vídeo abaixo é o parto da Sabrina, que originou a reportagem do Fantástico e acessado mais de 2milhões de vezes!! Simplesmente lindo, incrível, lindo!!!



Nenhum comentário: