sábado, 30 de abril de 2011

Meu relato de parto!!

Minha amiga Aline (que amo demais da conta) me deu a idéia de colocar o meu relato de parto em meu próprio Blog - Claro, pq não? é uma ótima idéia. Assim, além de divulgar as informações, mostro que eu mesma já vivi isso na própria pele!!

Hoje em dia, sou a orgulhosa mãe da Verônica Maria, minha sapequinha, que enche minha vida de toda felicidade do mundo!!! Ela tem 1 ano e 2 meses! Nasceu dia 02/02/2010. Aqui vai meu relato:

Dia 01/02 eu tava super bem. Acompanhei meu marido até o ponto de onibus, voltei a pé, lavei roupa até umas 14h e fikei o resto do dia descansando. Eu só cismei q algo poderia acontecer nos próximos dias, pq meu intestino do nada, resolveu funcionar umas 3 ou 4x nesse dia, e isso p mim, é um recorde... só fui mais q isso no banheiro qdo tive virose XD!!

Na madrugada do dia 02/02, como de costume, levantei várias vezes p ir no banheiro e tds elas, tava com dor nas costas. Mas p mim era normal levantar c dor nas costas, só q reparei q estava diferente, pois não passou com o andar pela casa e espreguiçar... porém, consegui voltar a dormir até a 3ª vez, q não deu p skecer a dor. Era fraco, mas incômodo. Deitei e fikei lah, com a dorzinha. Levantei de novo, fui no banheiro e nessa 4ª vez, sentada, notei q a dor ia e voltava, fraquinha, mas sentia q eram ondas... ou, as contrações. Fui p sala, peguei almofadas, agenda e caneta. Voltei p quarto, amontoei as almofadas p rebolar em cima (dica da Rebeca) e comecei a anotar os horários q vinham as contrações. A primeira marquei foi as 5:50, mas jah tinha começado a notar as ondas talvez por volta das 4:30. Fui marcando e contando os minutos, intervalos entre 3 e 6 minutos. Vi amanhecer, fikei assim até umas 6:30, qdo jah meio cansada de fikr sentada e com sono, deitei ao lado do Sig. Ele notou na hora q algo tava acontecendo, qdo numa contraçao abracei ele forte e nao csgui responder qdo ele perguntou. Ele marcou comigo mais algumas contrações, msm intervalos. Ele resolveu me levar p escritorio com ele (na casa da mãe dele) aí ele trabalhava e eu ficava na pte de baixo, com minha cunhada e minha sogra. Enqto nao dava hora, liguei p minha amiga Flávia Penido, que é doula (e dona do Blog Bebedubem) e falei o q tava acontecendo... era +- 8h da manha...

Ela falou p eu ir p chuveiro quentinho e ficar lah até qdo eu aguentasse, p ver se não era TP falso. Fui lah e o Sig improvisou um banquinho com um balde de boca p baixo e uma camiseta em cima p eu sentar. Fikei uns 40 minutos, e as contrações continuaram, mas com intervalo agora de 7 a 8 minutos. Fomos p casa da mãe dele e assim q cheguei, tds notaram minha cara de ><' . Meu cunhado arrumou a cama dele p eu deitar (a mais fofa de tds, pq é a unica de solteiro) e fikei lah um tempo, tentando descansar. Minha cunhada veio ficar comigo e pedi p ela ir marcando o tempo e duraçao das contrações p mim num site q tem o contador on line. Estavam novamente entre 3 a 5 minutos e com duração de +- 1 a 2 minutos. Umas 11h a Flávia me ligou e perguntou se eu tinha conseguido dormir, perguntou como eu estava e disse q chegaria lah em 1h.
Menos de 1h dps ela chegou, com uma baita bola de borracha, prateada. Eu estava deitada na cama, segurando nas grades (o pior jeito de ficar, toda contraída). Ela falou q deitava as contraçoes são mto mais doloridas e me ajudou a levantar. Pediu roupas mais frescas p minha cunhada p eu vestir e começou a me ensinar exercicios de respiração. Nisso, ela lgou p Kátia, uma parteira amiga dela, perguntando se ela poderia ir lah me examinar. Ela nao prometeu, pois tava indo p uma cidade vizinha avaliar uma mãmae e seu RN, mas faria o possivel p ir a tarde.
Minha cunhada nos levou p quarto dela, onde era mais arejado. Ali a Flávia me colocou na bola e me ensiou exercicios p ajudar o bb a encaixar na pelve e ajudar a abrir e tb, ajudar na dilatação do colo e descida do bb.


Me ofereceram almoço, mas eu não conseguia comer, tava com um pco de enjoo (sempre q sinto dor, meu estomago fica ruim, nao consegue receber sólidos). Tentei comer um pedacinho de franco com arroz e caldo de feijão, mas só foram 2 garfadinhas e nada mais. Me deram suco de maracujá e esse eu bebi. As contrações continuaram e a Flávia achou melhor recomeçar a marcar. Dps disso me mandou p chuveiro de novo e continuou marcando. Fikei lah mais de 1h e voltei p quarto...

Eu tava com mto sono, pq no caso, as dores q comecei sentir sem dormir, sem marcar eram ainda de madrugada e até então, umas 15h jah, eu nao tinha dormido. Ela falou p eu tentar dormir, mas dei uma cochilada apenas de uns 40 minutos (e só csgui tb pcausa dos exercicios, q aliviam e mto a dor). Um pco antes das 16h, as dores vieram com bastante força e eu deitada, parecia q meus ossos iam abrir ali msm, tamanha pontada!! Qse chorei... mas não keria ir p hospital, pq tava decidida a não ter parto induzido e nem keria qqr tipo de intervenção (e isso pelo SUS é o q mais tem). A Flávia me perguntou se eu keria ir p Hospital e ver o q dava e eu perguntei se ela tinha idéia se eu jah podia estar com dilatação. Ela nao sabia, pois as doulas não fzm exames de toque nem nada, apenas nos ajudam com a companhia, exercicios e massagem (que é a coisa mais deliciosa do mundo na hora da contração). Voltei pra bola e nesse momento a Kátia, a parteira, ligou. Perguntou se eu ainda tava lah e como tava o TP. Avisou q jah tava a caminho p me examinar e talvez, menos de 1h dps ela chegou, viu a situaççao e falou q com ctza, logo logo minha bb estaria comigo! Era +- umas 16:45
Ela pediu q eu deitasse e dps me perguntou se eu permitia q ela fizesse o exame de toque p ver se eu tinha dilatação (nesse tipo de parto q eu escolhi, o natural, eu q decido td, até msm se eu kero ou não ter exame de toque). Ela fez e na hora, deu um baita sorriso e falou "olha só que maravilha!! Tah com qse 8 cm de dilatação. Meu bem, jah pode ir pro hospital!! Tem gente chegando".
Minha sogra tava na janela. So olhei p ela e falei "Por favor, chama o Sig... vamos pro hospital". Ela subiu na hora e menos de 3 minutos dps, ele desceu. Elas me ajudram a me levantar, calçar o chinelo, pegar a bolsa e ir p carro - detalhe q tinhamos posto caixa de som e contrabaixo no carro, p tocar no Grupo de oração... não deu tempo de tirar a caixa de som XD - Entrei no carro e minha sogra foi do meu lado p me segurar nas curvas, pois o caminho p hospital parece uma pista de corrida, dakelas com bastante curva XD. A Flávia foi indo atras, pois iámos passar em casa pegar as bolsas... SSSEEEE, EU NAO TIVESSE ESQUECIDO A CHAVE EM CASA E O SIG A CHAVE DELE NO ESCRITORIO KKKK. Passamos direto pelo bairro e pegamos a estrada p hospital. As contrações ficaram ainda mais fortes e nessa hora, perdi o rebolado e comecei a gritar de dor. Minha sogra colocou a mão na minha barriga e começou a fzr círculos... PUUUTS, isso doeu d+ e na hora peguei a mão dela e coloquei nas minhas costas e falei "Ai, pelo amor de Deus, só nas costas!!". A doula atras e o Sig, voando na estrada. Na entrada do bairro, entrou na contramão e se perdeu. A Flávia passou na frente do nosso carro e passou a guiar o Sig p hospital e eu gritando dentro do carro (parecia akela cena do filme "12 é d+ 2" qdo a filha do Ton tava parindo tb kkkkk). Chegando no hospital, pegaram a cadeira de rodas e me levaram p consulta, enqto faziam a minha ficha, a Flávia foi comigo. Me examinaram e nessa hora, vi o famoso "tampão" na calcinha. DILATAÇÃO TOTAL!!!! Pediram p voltar p recepção p mudar de ficha de consulta p internação. Minha sogra q foi. A Flávia e o Sig foram comigo p centro de parto e me mandaram p sala de parto natural. Detalhe: A parteira do hospital jah tinha ido embora. Ligaram pra ela e ela voltou lah só p fzr meu parto!!! Acredito q a Flávia e a Kátia jah tinham conversado com ela sobre mim e jah deixaram td meio pronto... eu msm, não sabia... mas ameeeii!!
Na sala de parto, continuei na bola até a parteira chegar.

As contrações passaram a ficar diferente e me deu vontade fzr força. Eu levantava da bola e fazia pressão p baixo, sem msm saber o q tva fzndo, era tipo, instintivo (INCRIVEL, o corpo parece se comportar sozinho). A Flávia me ensinou uma exercicio de respiração p essa hora, p não cansar mto e deixar mais o útero trabalhar do q eu. Assim q ela chegou, me puseram na cama e começaram a monta-la p parto natural. Do jeito q montaram, eu podia ficar semi sentada com os pé apoiados em uma espécie de "pedal" e puxar por um arco q colocaram em cima de mim, ou puxar por dois puxadores do lado cama ou ficar de cócoras e me segurar nesse arco.

A primeira posição, dps de tentar de cócoras, consegui dar uma forçada a mais p ajudar a bb descer. A parteira fez um exame de toque e viu q a bolsa não tinha rompido ainda. Ela perguntou se eu permitia romper a bolsa p ajudar o bb descer, pois a membrana da bolsa (ela disse) estava segurando em alguns milimetros a cabecinha dela. Eu reconheço q isso é uma intervenção e q não pcisava, mas eu estava no meu limite de exaustão, então permiti. Ela rompeu e senti um pco de dor e as contrações ficaram mais fortes ainda. Comecei a fzr força p ajudar o bb descer. O Sig e a doula estvam me acompanhando kda um dum lado. Eu puxava o arco qdo vinha a contração e sentia ela descer. umas 4 eu senti, até q senti a cabeça dela bem ali, na saídinha jah... veio outra contração, forcei, mas ela não coroou... veio a segunda mais forte ainda, dei uma forçada e ela coroou... voltei e a contração continuou e tentei de novo... saiu a cabecinha com a mãozinha na orelha e, pra surpresa de tds, veio junto td o resto... saiu duma vez os ombro e ela todinha. Qse q ela cai dentro da bacia do parto kkkkkkkkkkk!!! Nem deu tempo de pegar toalha nada... foi na mão da parteira direto e dps disso, direto p meu colo.

Deitei p segura-la e eu não podia nem acreditar que ali, na minha barriga, estava minha pequena Verônica, pekeninha, linda, maravilhosa e kietinha, se mexendo devagar... ela ainda tava ligada em mim... tds esperaram ela começar a respirar sozinha... se mexeu, abriu um olhinho e fechou... abriu os dois... deu uma choradinha, mas logo ficou kietinha... abriu as mãos... e nisso, foi começando a respirar normalmente... ela olhou p cima, onde o Sig tava e ele chorou... o cordão parou de pulsar, a parteira prendeu os dois lados do cordão e deu a tesoura p Sig cortar...

Tiraram ela do meu colo e ela chrou bem forte!! A parteira viu q devido à ela ter saído com o bracinho junto com a cabeça e tb de forma tão rapida, houve uma pequena laceração, de grau 2 e seria necessario suturar. Ela me avisou e perguntei se teria anestesia (ow, sério msm, encaro um parto, mas tenho pavor de agulhas kkkkkkkk). Ela disse q sim e só esperou a placenta sair p começar a "ajeitar" a área p suturar. Enqto isso, eu olhava a enfermeira limpando a Veronica e o Sig indo lah, babar nela.

Eu só olhava e pensava q era a mulher mais feliz do mundo!! Pedi q não colocassem o colírio nela e não colocaram e tb não fizeram a sucção. Meu útero jah tava contraindo e saindo bastante sangue, então, disseram q me dariam uma injeção de ocitocina p amenizar (essa eu nao consegui escapar, mas td bem... era procedimento deles... algumas coisas não da p exigir né, ainda mais pelo SUS... mas só de ter csguido meu parto humanizado, eu jah tva mega feliz). Ela suturou e a Verônica veio pro meu colo de novo mamar.

Fikei olhando p ela e p Sig. Ele ainda tava chorando e me beijou um monte de vezes. A parteira, a Zizi (nem falei o nme dela, q feio rsrs) terminou a sutura, fez a assepcia e ds de td pronto, foi p casa. A Flávia me falou q ela voltou só p fzr meu parto. Tanto ela, qto as parteiras fizeram td de coração, pois jah sabiam q eu jamais poderia pagar p ter o PH. Aí elas foram embora e me deixaram com uma enfermeira meio estressada lah, mas de boa... ela tentou me dar banho, mas desmaiei. Ela me limpou na cama msm q me levou p Quarto da Maternidade. Fikei lah ate o dia seguinte, o Sig trazer minhas roupas e roupas dela. tive alta no dia 04/02 e vim p casa dos meus pais!!!

Bom, esse é o relato do meu parto!!

Ficou gigante, mas epsero q quem tiver paciência de ler, tenha gostado!

*****************************************************************************
Esse texto foi feito uns 20 dias depois do nascimento da minha filha. Relendo, ví vários termos que hoje, sei que são diferentes que já aprendi muito mais coisas. Mas deixo aqui, minha ressalva, de não mexer no texto original, para que eu mesma possa guarda-lo pra sempre!!!

*As outras fotos não entraram... vou postando aos poucos!

7 comentários:

sarah disse...

é lindo e emocionante! parabens a linda familia

Nádia disse...

Adorei seu relato! Parabéns!!!

Na e Anderson disse...

Perfeito flor...adorei!!!

Mariana disse...

Que legal! Qual hospital foi seu parto? Seus pontos doeram depois?

Praieira Menina do mar disse...

Adorei seu relato!
O meu parto foi normal, e assim "divertido" como o seu!
Se tiver outro bebê, com certeza será normal também!!
Bjs

Anônimo disse...

Super bonito e interessante!!
Obrigado por contar sua experiencia.
=D

Marcela Gonc disse...

Que linda sua filha! Que parto incrível, que aventura! rs Estou à espera do meu milagre tbm e o seu depoimento contribuiu ainda mais para reforçar minha opinião sobre o PH. Espero aguentar firme como você! Que Deus continue abençoando você e sua família de maneira a superabundar! ;)